Frente Parlamentar Ambientalista protocola Moção Coletiva em defesa do Meio Ambiente



Ontem, dia 21/07, foi protocolado a Moção Coletiva construída a partir da Frente Parlamentar Ambientalista em parceria com grupos da UFSC, Rede de ONGs da Mata Atlântica e outros coletivos ambientalistas de Florianópolis.


O objetivo do documento é sensibilizar os gestores público, para que protejam nossos biomas, restaurem nossos ecossistemas, e que possam garantir a qualidade de vida da população; destacando a importância da preservação e os prejuízos que a perda destes ambientes representam


A moção manifesta preocupação com os caminhos da atual gestão, que desconsideram os impactos ambientais, sociais e culturais no crescimento. Em 2020, houve um aumento de 254% na conversão de ambientes naturais, em relação a 2019. Santa Catarina está entre os 5 estados que mais desmataram nos últimos anos. Já estamos vivenciando eventos extremos, de tempestades a estiagens que elevam os riscos de desastres socioambientais e ameaçam nossa segurança hídrica, sanitária e alimentar.


Nessas condições, novos empreendimentos só deveriam ser licenciados após uma avaliação robusta da capacidade de suporte dos ambientes, da capacidade de fornecimento de água potável, tratamento de esgoto, etc… pois os corpos hídricos que abastecem as bacias hidrográficas de nossa cidade já estão com sua saúde debilitada.


Os retrocessos sofridos a nível nacional trazem a necessidade de uma vigilância redobrada pelos órgãos de fiscalização, e exigem dos nossos representantes a discussão de uma legislação mais restritiva que garanta às atuais e futuras gerações o direito de viver em um ambiente seguro, saudável e ecologicamente equilibrado.


Leia a Moção completa site

https://www.marquitoagroecologia.com/post/frente-parlamentar-ambientalista-protocola-mo%C3%A7%C3%A3o-coletiva-em-defesa-do-meio-ambiente


Fotos: Todd Southgate @todd_southgate